Notícias

Os neurônios são as células capazes de transmitir sinais elétricos do cérebro até as diferentes partes do nosso corpo. Esse conhecimento básico de anatomia já é o suficiente para compreender como essas células são importantes para as funções mais simples do nosso organismo, de um reflexo até uma lembrança. Na última semana, dois grupos de cientistas chegaram a um resultado bastante significativo: eles conseguiram transformar células da pele em neurônios. O trabalho dos pesquisadores foram publicados na revista científica Cell Stem Cell e tem o potencial de revolucionar o tratamento de doenças degenerativas do cérebro, como o Alzheimer e o Mal de Parkinson.

Com a criação de neurônios com as células da pele do próprio paciente, seria possível repor células deterioradas por doenças, uma possibilidade incrível para os mais diferentes tratamentos. O primeiro estudo foi desenvolvido em Xangai, na China, liderado pelo bioquímico Gang Pei do Instituto de Ciências Biológicas. O grupo descobriu uma forma de injetar moléculas químicas capazes de desligar o gene das células da pele humana e ativarem os genes de células neurais. Após anos de tentativas e testes, os pesquisadores obtiveram resultados positivos.

As células modificadas foram batizadas de VCRFSGY, considerando as iniciais das substâncias utilizadas. Após o procedimento, as células se transformaram completamente em neurônios maduros e funcionais.

O segundo estudo também aconteceu em solo chinês, liderada pelo cientista HongKui Deng, da Universidade de Pequim, alcançou o mesmo resultado utilizando outro grupo de substâncias moleculares em células de ratos.

Fonte: http://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/redacao/2015/08/06/descoberta-historica-transforma-celulas-da-pele-em-neuronios.htm

Deixe uma resposta

Translate »