Notícias

O IPCT está estabelecendo uma parceria com as professoras Adriana Simon Coitinho (UFRGS), Tatiana Luft (UFRGS), Eliane Dallegrave (UFCSPA) e a professora Schana Andreia da Silva, do curso técnico de química da Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha, de Nova Hamburgo/RS.

O projeto visa investigar o efeito do composto acetato de abietamidometil-dietilamônio (ACABI), sobre a descelularização de órgãos e tecidos, o qual foi sintetizado pelas ex-alunas do Liberato, Vitória Müller Gerst e Gabriela Bronca Lopes.

O projeto é coordenado pela professora Adriana Simon Coitinho e intitula-se “INVESTIGAÇÃO DO EFEITO DO COMPOSTO ACETATO DE ABIETAMIDOMETIL-DIETILAMONIO (ACABI) SOBRE A DESCELULARIZAÇÃO DE TECIDOS E PARÂMETROS INFLAMATÓRIOS E TOXICOLÓGICOS”.

 

Foi desenvolvido o sistema para testar a descelularização do fígado de rato (Figura 1) e traqueia de porco (Figura 2) que servirá como biorreator para crescimento das células.

 

desce

Figura 1. Sistema montado para a descelularização de fígado de rato contendo a câmara de descelularização conectada a uma bomba.

 

desce1

Figura 2. Sistema montado para a descelularização contendo uma traqueia de porco.

Deixe uma resposta