Notícias

No início deste mês, a BBC trouxe uma notícia que pode revolucionar os tratamentos utilizando células-tronco num futuro próximo. Segundo a emissora, em janeiro de 2016, uma equipe de médicos irá experimentar um tratamento para injetar células-tronco em fetos. Desta forma, seria possível tratar uma doença incurável que afeta os ossos ainda dentro do útero materno.

O ensaio clínico vai ser realizado por um grupo de especialistas do Instituto Karolinska, da Suécia, e do Great Ormond Street Hospital, da Inglaterra. A ideia por traz do estudo clínico é apostar na capacidade das células-tronco de se transformarem em diferentes tecidos, desta forma, aliviando os sintomas da osteogênese imperfeita – também conhecida como doença dos ossos de vidro. Durante o teste médico, os especialistas injetarão diretamente no feto um tipo de célula-tronco capaz de se tranformar em ossos saudáveis, cartilagem e músculo. Com o experimento, espera-se que as novas células-tronco apresentem as instruções corretas para o crescimento ósseo do bebê.

Atualmente, esta doença, ainda incurável, é detectada em um de cada 25 mil recém-nascidos. A condição é provocada por erros no DNA do feto, que acaba gerando uma estrutura óssea com colágeno de má qualidade ou até mesmo sem sua existência. A osteogênese imperfeita pode ser fatal, pela má formação. Aqueles que sobrevivem ainda lidam com constantes fraturas ao longo da vida, chegando a uma média de 15 por ano.

A BBC ainda traz a fala da Dra. Cecilia Gotherstrom, do Instituto Karolinska. “Esse é o primeiro teste e, se tiver sucesso, abrirá o caminho para outros tratamentos pré-natais para os pais que não tiverem mais opção”, destacou a pesquisadora.

FONTE: Terra

 

Deixe uma resposta

Translate »